Conecte-se conosco

Justiça

Engenheiro que não aprendeu usar computador é demito por justa causa

“O empregado se recusava a se atualizar, tornando-se, pela sua própria inação, um trabalhador sem nenhuma produtividade”, disse a juíza

Publicado

em

Funcionários que se recusam á se atualizar quanto às novas técnicas e tecnologias, a exemplo computador, como ferramentas de trabalho pode tornar funcionário improdutivo. Em alguns casos ser demito por justa causa. Em casos assim, o empregado pode ser dispensado. 

Gusttavo Lima ostenta mansão nas redes sociais e choca seguidores

Foi com base nesse entendimento que a 5ª Câmara do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região manteve a demissão por justa causa de um engenheiro mecânico que se recusava a utilizar o computador. A decisão é do dia 4 de fevereiro.

“O empregado se recusava a se atualizar, tornando-se, pela sua própria inação, um trabalhador sem nenhuma produtividade”, apontou em seu voto a juíza convocada Maria Aparecida Ferreira Jerônimo, relatora do caso. 

Para ela, a conduta do empregado é capaz de ensejar a dispensa, nos termos da alínea “e”, do artigo 482 da CLT, “principalmente considerando a natureza do serviço prestado pela ré, concessionária de serviço público”. 

O engenheiro foi demitido da companhia elétrica em que trabalhava desde 1973. Aos 73 anos, ele admitiu que mal sabia ligar seu computador e já não realizava suas funções havia anos. 

Ele alegou, no entanto, não ter recebido o treinamento adequado para se adequar às novas tecnologias. A defesa do funcionário afirmou que ele foi isolado por causa de sua idade avançada.

Ao julgar o caso em primeira instância, a juíza Ângela Konrath, da 6ª Vara do Trabalho de Florianópolis, disse que o senhor não demonstrou “o mínimo interesse de aprendizado para o exercício de sua função”, adotando uma atitude demasiadamente passiva. 

“Esse estado de inércia sobrecarrega e desmotiva os demais membros da equipe, que se veem compelidos a aumentar seu ritmo de trabalho para compensar esta ausência de labor”, afirmou Konrath.

Com informações: CONJUR

Clique aqui para ler a decisão



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Justiça

Najila Trindade processa Neymar por “patrocínio a prostituição” e quer reabrir processo de estupro

Para quem não se lembra, em 2019, a modelo Najila Trindade acusou o jogador Neymar de estupro

Publicado

em

Neymar vai ser processado por patrocinar prostituição

Quem achou que Najila Trindade tina desistido de Neymar, está enganado. Tudo porque, agora a modelo quer processar o jogador do PSG por “patrocínio a prostituição”

Fátima Bernardes posta mensagem de despedida após colega de programa ser demitido

Essa informação foi dada pelo programa Fofocalizando, do SBT, onde segundo a matéria, a modelo vai viajar para a França, e lá acionará a Justiça francesa em uma ação contra Neymar.

De acordo com o advogado de Najila, Neymar será acionado por “promover o transporte de mulheres para fins sexuais”.

Assim, como na França as leis seriam mais pesadas para assuntos sexuais, Neymar seria acusado de crime de prostituição.

Além disso, até hoje a defesa de Najila não aceitou que o processo contra Neymar aqui no Brasil tenha sido arquivado, e com isso, a defesa da modelo pretende também entrar com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para contestar o arquivamento do inquérito sobre o estupro.

A justiça chegou a dizer na época que Najila tina forjado um possível caso de estupro para conseguir dinheiro de Neymar, e foi acusada de falso testemunho.

Para quem não se lembra, em 2019, a modelo Najila Trindade acusou o jogador Neymar de estupro e agressão contra ela, após ser convidada por ele para um encontro em Paris.

Na época, para se defender das acusações, Neymar divulgou conversas intimas feitas pelo WhatsApp da qual mostra que Najila aceitou viajar para Paris e ter um encontro sexual, e que, em seguida, estaria chantageando o atleta.

Apesar da abertura desde novo processo, a assessoria do jogador de futebol disse que não recebeu nenhuma notificação sobre o caso, e que o caso já foi arquivado pela justiça brasileira, estando Neymar tranquilo sobre as novas acusações.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Justiça

Rose Miriam perde ação contra família de Gugu e deixa de ganhar pensão de R$ 100 mil

Essa mudança surgiu depois que a família de Gugu Liberato apresentou um documento assinado pela própria Rose

Publicado

em

justiça corta pensão de rose miriam

Rose Mirian, mãe dos filhos de Gugu Liberato, teve a ação cassada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo na quarta-feira (5). Com a nova decisão, ela perde a pensão de R$ 100 mil que havia sido estipulado no dia 24 de janeiro.

A informação foi dada pelo site Notícias da TV, e segundo determinação do desembargador Galdino Toledo, o magistrado chegou à conclusão de que Gugu e Rose Miriam não tinham uma união estável.

Essa mudança surgiu depois que a família de Gugu Liberato apresentou um documento assinado pela própria Rose, em que reconhece que os três filhos foram gerados por meio de inseminação artificial, e que ambos mantinham uma relação de amizade com a finalidade de criar e educar os filhos, mas se qualquer relação conjugal ou contato íntimo.

Agora, Mirian receberá apenas o valor de 10 mil dólares (cerca de R$ 42 mil), que segundo o desembargador, é um valor considerável perfeito para que Rose Miriam cuide dos seus gastos nos EUA, assim como despesas que pode ter com os filhos de Gugu.

Desde a morte de Gugu Liberato em novembro, Rose Mirian vem brigando na justiça para ter direito a uma parte da herança do apresentador depois que o testamento feito por ele em 2011 deixava claro que a mãe de seus filhos não teria direito a nada.

Segundo Rose, ela e Gugu viviam como marido, e por isso, ela teria direito a uma pensão como esposa.

Desde então, uma briga judicial vem sendo acompanhada pela mídia brasileira para saber até onde essa ação chegará, expondo não só a vida intima de Gugu como conflitos internos entre os familiares.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Justiça

Pastor é flagrado com roupas íntimas deitado com menor dentro da igreja

Publicado

em

pastor é flagrado com menor de idade

Um pastor evangélico foi flagrado deitado com uma menor de idade dentro da igreja na madrugada dessa segunda-feira (27). O religioso do município de Ouro Branco foi preso, pois segundo a Polícia Militar ele mantinha relações sexuais com a criança de 12 anos.

Cantora gospel Flordelis esquece ser suspeita de crime e abre agenda para 2020

A denúncia que chegou ao Centro Integrado de Segurança Pública de que um pastor estava dentro da igreja com uma menor. A informação passada para a Polícia Militar, dava conta de uma suspeita de que a criança estava sendo vítima de estupro.

O 7º Batalhão de Polícia Militar (BPM) atendeu a ocorrência, e o supervisor da guarnição, informou que uando chegaram ao local, encontraram a igreja fechada. Era por volta de 1h30 e , após várias batidas na porta, o suspeito atendeu com apenas roupas íntimas.

A criança foi encontrada dentro do templo evangélico, deitada em um colchão. A PM informou que a menor foi levada pelo Conselho Tutelar. Já o o pastor foi preso, autuado por estupro de vulnerável e os pais dela foram chamados para dar explicações acerca do fato.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Justiça

Mulher não gosta da reforma em Fusca feita por Gugu e leva caso à justiça após sua morte

Publicado

em

Fusca reformado no programa do Gugu

A mulher artesã Nancy Lima que mora em Pindamonhangaba no interior de São Paulo está levando uma reforma feita em seu Fusca pelo programa do Gugu a justiça. O caso que veio a tona logo após a sua morte em um acidente doméstico gerou meme na internet.

+ Léo Dias se retrata após acusações falsas contra filho do sertanejo Luciano

O Fusca de Nancy foi reformado em 2015, um quadro do “Programa do Gugu”, da Record TV. A mulher não gostou  não gostou do no estilo do seu automóvel e a sua reação engraçada acabou virando memes na internet.

A mulher acabou cedendo uma entrevista ao portal Uol. Segundo contou a artesã, havia fechado com a produção do quadro como se daria o processo de restauração do veículo. Disse que o Fusca estava com a lataria comprometida. Além do assoalho, parte elétrica, portas, borrachas e motor.

Ela solicitou que a produção do Gugu deixassem o veículo idêntico a uma miniatura que havia ganhado de seu filho.

“Vieram aqui em casa e nós fizemos um acordo por escrito de como eu queria o carro”, contou a mulher.

Nancy contou o que precisou fazer para ter participação confirmada. Segundo ela houve alguns jogos estipulados pelo quadro, a qual teria que jogar e em troca teria seu carro reformado. A esta altura o seu veículo já havia sido levado pela produção do programa.

“Não foi de graça, não foi nada de doação. Foi uma troca, até porque o carro era meu”, relatou.

Embora vencendo os jogos, passaporte estipulado pela produção para participação do programa do Gugu, a artesã afirmou que não gostou do resultado da reforma.


“Eu queria o vermelho, mas não com purpurina. E colocaram purpurina no carro. A roda era com a faixa branca, mas colocaram roda de Porsche. Não veio a peça para tirar o pneu. Veio sem buzina, sem alarme, trocaram o banco novo por um usado”.

+ Cantora Marília Mendonça revela o rosto do filho recém-nascido

Depois da insatisfação ocorrida durante o programa, a mulher levou o caso as redes sociais e reafirmou o seu descontentamento com a reforma do seus fusquinha. Os internautas que não peroam nada, passaram a critcá-la. Foi então que a artesã Nancy entrou com uma ação judicial contra o programa.

Por conta da ação contra o programa da TV Record, está impedida de usar o fusca, até que saia a decisão judicial.

“Eu quero que o juiz resolva o problema, seja como for. Mas não quero mais que eles peguem o carro para arrumar”, finalizou.




O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Trending