Mulher usa vibrado nas partes íntimas
Vaza vídeo de mulher de Marau com vibrador

A pacata Marau, cidade de pouco mais e 40 mil habitantes, localizada na região noroeste do Rio Grande do Sul, voltou a ser o centro das atenções, na tarde do feriado de carnaval, depois que um vídeo de quente começou a circular no Whatsapp.

Vídeo: Casal gay é flagrado faz sexo oral dentro do metrô

Bispo encapetado da Igreja Mundial desfigura rosto da esposa. Ela se vingou “vazou vídeo nudes”

A gravação mostra uma mulher, que é moradora de Marau em cenas quentes, com um pênis de borracha introduzindo nas partes íntimas em várias poses sensuais

Renata Brum que seria a mulher que teve seu vídeo íntimo vazado se manifestou em suas redes sociais. Ela afirmou que já sabe quem é o responsável pela divulgação do conteúdo e que vai procurar a delegacia.

De acordo com os prints que foram publicados pela vítima, a pessoa que atende por Lito, conforme a conversa, afirma que iria vazar as fotos e vídeos que tinha do affair. Lito ainda afirma que Renata iria ficar famosa, já ela estaria querendo platéia.

Em um dos prints Lito encerra dizendo que não faria isso por respeito a Francisco, que até então, não se sabe que grau de parentesco teria com a moça. A despeito da negativa do homem, a mulher afirmou que iria a delegacia de polícia para que as devidas providências sejam tomadas.

Porém, ao que tudo indica nas conversas que foram printadas, Jocelito Ruas, que atende Lito e Renata já tiveram um relacionamento, pois a mulher afirma que o traiu , pois ele a teria traído primeiro.

Mulher de Marau usa pênis gigante de borracha e vídeo vaza